Gestão por processos ajuda pequenas e médias empresas a superarem crise econômica

Por Debora Machado

A crise no Brasil tem sido um grande obstáculo enfrentado por todas as empresas. No entanto, As PME’s (Pequenas e Médias Empresas) são as que mais sofrem nesse cenário de retração econômica.

De acordo com dados do Sebrae, a cada 100 empresas abertas no Brasil, 24% irão fechar as portas em até 2 anos. 50% em até 5 anos e em 10 anos essa taxa pode chegar a 70%. Se fizermos uma análise ampla dos motivos de falência, o principal desafio que PME’s enfrentam para se manterem no mercado é: entregar produtos e serviços de qualidade, buscando o crescimento orgânico e financeiro. Tudo isso sem dispor das ferramentas e estratégias adequadas que ajudem a atingir a sustentabilidade do negócio.

Normalmente pequenas e médias empresas possuem cultura familiar e rotinas enraizadas. A cultura do paternalismo e a avaliação simples do faturamento mensal dificultam a implementação de processos de gestão. Portanto, dificultam a tarefa das PME’s atingirem a maturidade.

Caminho

Em algum momento, para crescer ou superar um cenário econômico não favorável, a empresa vai precisar adotar um modelo de gestão. Quando os custos já foram cortados, despesas desnecessárias já foram contidas e muitas vezes a folha de pagamento já foi reduzida. O foco deve estar baseado em quatro pilares. 1 – Agregar valor ao produto e serviço; 2 – Gerar diferencial competitivo frente aos concorrentes; 3 – Otimizar processos e 4 – Ganhar produtividade.

Pode parecer simples, mas colocar em prática o “fazer mais com menos”. Sendo mais desafiador do que parece, exige uma gestão baseada em processos e muitas vezes necessita de ajuda de uma consultoria especializada. A Goakira, por exemplo, identificou essa demanda em seus clientes e criou um produto de fácil aplicação. Mantendo o custo acessível para os pequenos empresários. Que apresenta resultados mensuráveis e de maneira rápida, em até oito semanas. Desde 2016 temos esse produto em nosso portfólio.  Entre os principais resultados obtidos com o nosso serviço de gestão por processos já conseguimos aumentar a produtividade dos clientes, reduzir despesas, melhorar a aplicação e aceitação de produtos no mercado, reposicionar a marca, entre outros.

Mudança

A adoção da gestão por processos promove a melhoria contínua aumentando a eficiência da empresa. O que o empreendedor precisa considerar antes de determinar se o serviço pode ser considerado caro, ou não, são os processos que serão otimizados. Pois, após a implantação, as melhorias fatalmente serão revertidas em ganhos financeiros e a fase de projeto irá capacitar a equipe. Possibilitando assim um ganho no médio e longo prazo da empresa.

As PME´s precisam aprender a se adaptar aos cenários econômicos e a opção mais assertiva é investir em inovação, flexibilidade e integração. E uma vez que as empresas que adotam a gestão por processos, elas conseguem promover crescimento e adaptação rápida ao cenário por meio de ciclos de melhoria contínua. Quando apoiadas pelas ferramentas corretas a empresa se torna sustentável e atinge uma maturidade econômica.

Enquanto, aquelas que não conseguem se adaptar com a velocidade e eficácia necessária, tendem a se tornar parte da estatística desse artigo.

Deborah Machado
Deborah Machado
é formada em Gestão de Processos pela FATEC – Faculdade de Tecnologia de São Paulo e consultora de negócios na Goakira, consultoria empresarial.

Comments are closed.