Contratar uma Consultoria Empresarial

Contratar uma empresa de consultoria empresarial não é uma tarefa fácil. Muita coisa está em jogo.

Em geral, o serviço de consultoria não é barato. Mais do que isso, uma boa consultoria pode representar a diferença entre o sucesso e o fracasso do negócio.

Numa escala menor, a escolha errada de uma empresa de consultoria pode custar tempo e dinheiro para corrigir problemas que talvez pudessem ter sido evitados.

Nesse artigo cito algumas dicas para ajudá-lo na hora de escolher uma boa consultoria empresarial:

 

1- Pesquise os clientes da consultoria e converse com eles

Uma boa consultoria deve fornecer, além de cases de sucesso, referências de clientes com contatos para que você mesmo possa conversar com eles e tirar suas próprias conclusões.

Ninguém melhor do que quem já utilizou os serviços da empresa para opinar sobre a qualidade da consultoria.

Portanto, invista algum tempo conversando com ex-clientes para entender se a consultoria com a qual você está lidando é realmente qualificada.

 

2- Desconfie do preço baixo

No negócio de consultoria não há milagres. A matéria-prima de uma consultoria é a sua equipe. E como todo empresário sabe, quase sempre, as melhores pessoas custam mais caro.

Além dos salários da equipe, num mercado cada vez mais competitivo em busca dos melhores talentos, as boas consultorias investem não só na remuneração. Elas precisam atrair as melhores pessoas, criando uma boa marca, oferecendo boas instalações e capacitação.

Tudo isso, obviamente, custa dinheiro.

Cuidado também com a frase “Já temos tudo isso pronto” para justificar o preço mais baixo.

Um bom projeto de consultoria deve ser customizado de acordo com a realidade da sua empresa

 

3- Entenda quem vai executar o projeto

Se algumas consultorias mais baratas podem ter deficiências na mão de obra, pode surgir nas melhores consultorias outro problema: quem executa o projeto não é a pessoa que você imagina.

Portanto, entenda quem vai conduzir seu projeto.

 

Saiba, principalmente, quem é o consultor sênior que será o responsável por gerenciar o projeto como um todo.

 

Ter à disposição consultores profissionais com experiência no segmento, na área de expertise e na condução de projetos de consultoria é fundamental.

 

4- Fique atento na qualidade e agilidade do atendimento da equipe da consultoria

Uma boa consultoria deve atendê-lo rapidamente e seu pessoal deve entender do assunto.

Um dos “alertas vermelhos” é quando o atendimento demora para acontecer. Você entrou em contato e a empresa está demorando para retornar? Isso significa que o processo de atendimento comercial da empresa não está bem resolvido.

Se a empresa de consultoria não consegue ter um processo de atendimento na hora de vender em sua própria empresa, você pode imaginar que ela provavelmente não vai conseguir fazer muito pela sua empresa.

 

5- Verifique as credenciais da empresa

Além de cases de sucesso e pessoas capacitadas, a consultoria deve apresentar outras credenciais.

Por exemplo, uma boa consultoria participa de associações e de eventos, além de possuir certificações, como, por exemplo, certificação de qualidade ISO 9001 para demonstrar ao mercado que ela possui processos padronizados e entrega o serviço que o cliente contrata.

Essas credenciais, por si só, não garantem que seu projeto de consultoria será bem-sucedido, mas são um bom indicativo.

 

6- Desconfie da solução milagrosa

Desconfie também de consultorias que só contam histórias de sucesso e dão a entender que tudo o que você precisa para ter sucesso na sua empreitada é contratar a consultoria.

A realidade é que isso não existe. Infelizmente, a receita de bolo para o sucesso deve ser desenvolvida de acordo com os ingredientes disponíveis.

Costumo dizer que um projeto é bem-sucedido quando é realizado a quatro mãos por uma boa equipe: cliente + consultoria.

Obviamente, como é natural no mundo dos negócios, nem todos os desdobramentos do projeto podem ser controlados pelo cliente, tampouco pela consultoria.

O fundamental é reunir fortes competências de planejamento, execução e controle. Dessa forma, as chances de atingir os resultados pretendidos, são potencializadas

 

7- Cuidado com os super generalistas

Algumas consultorias são o que chamo de “canivete suíço”, ou seja, elas se propõem a realizar qualquer tipo de serviço relacionado a empresas.

Cuidado com consultorias desse tipo. Boas consultorias possuem especialização em alguns temas.

Para isso é necessário que mantenham em seus quadros profissionais com diferentes competências.

Cuidado quando ouvir que o consultor que vai lhe atender é um expert em marketing, finanças, RH, processos de negócio, direito empresarial e inovação.

Infelizmente, ninguém consegue ser bom em tudo; portanto, dependendo da complexidade do projeto, é fundamental que a consultoria coloque à disposição de seu cliente diferentes consultores profissionais, com conhecimentos em áreas distintas.

 

8- Questione quais são as ferramentas que os consultores utilizarão no projeto

Engana-se quem pensa que a consultoria é apenas um fornecedor de mão de obra.

Em alguns casos isso até pode ser verdade, mas, provavelmente, esse não é o principal motivo pelo qual você vai contratar uma consultoria.

A consultoria deve oferecer expertise de mercado e, para isso, é fundamental que a consultoria invista em ferramentas para ajudar na condução do projeto.

Essas ferramentas custam caro. Isso faz com que boa parte das consultorias não invista ou invista muito pouco nesse sentido, o que é um mau sinal. Em alguns projetos de consultoria, ferramentas para auxiliar na tomada de decisões são essenciais para que o sucesso atinja o objetivo do projeto.

Portanto, não se esqueça! Questione se a consultoria que você está contratando possui bases de dados, relatórios e tecnologia para entregar o projeto com qualidade dentro do prazo estipulado.

 

9- Entenda o escopo daquilo que está sendo contratado

Um dos principais pontos de conflito entre cliente e consultoria está relacionado ao escopo do projeto.

Fique atento para entender o que está incluso e o que não está incluso no projeto.

A consultoria deve apresentar-lhe uma proposta do escopo que contemple todos os tópicos que fazem parte do projeto e deixar claro quais são as entregas do trabalho.

Esse escopo é fundamental no momento de comparar diferentes consultorias. Esteja atento não somente aos tópicos que a consultoria vai cobrir, mas, também, qual é o nível de profundidade no qual o assunto será executado e analisado.

Outro ponto importante na hora de comparar, é analisar detalhes do contrato de consultoria. Por exemplo, o valor dos impostos está incluído no projeto? Qual é regra de reembolsos de viagens e deslocamentos?

Detalhes como esses devem estar claros na proposta ou no contrato de prestação de serviços de consultoria.

 

Escolher e Contratar Consultorias não é uma tarefa fácil

Contratar uma consultoria não é tarefa fácil; entretanto, com algum cuidado e pesquisa, você terá grandes chances de acertar na escolha da empresa.

Afinal, o mercado de consultoria brasileiro conta com empresas sérias que atuam no segmento e, que, certamente, estarão aptas a auxiliá-lo a elevar a sua empresa para outros patamares.

 

solicitar-contato

Diego Simone
Diego Simone
É administrador de empresas, empresário e consultor. Atuou em diversas funções nas áreas de planejamento financeiro e estratégico em multinacionais no Brasil e EUA, onde coordenou o processo de planejamento para sete países da América Latina.

Comments are closed.