1. Introdução

Nos dias de hoje, é raro encontrar alguma pessoa que não utiliza um smartphone ou possui outros dispositivos móveis. O aumento da demanda e a popularização dos celulares com conexão à internet influenciou diretamente o crescimento e a procura pelo geomarketing por parte das empresas.

Geomarketing não consiste em apenas em analisar as características da população para determinar a localização de uma nova loja física. Com a expansão do marketing digital e do uso de smartphones, esse conceito se ampliou e hoje faz referência a qualquer tipo de estratégia de marketing que ofereça inteligência sobre localização.

Atualmente, diversas empresas estão se abrindo ao mercado e utilizam da publicidade, marketing e ações mercadológicas para se destacarem.

Logo, devido à alta utilização, podemos dizer que muitas dessas ações do mercado empresarial estão perdendo o seu poder de alcance ao consumidor. Dessa forma, passa a ser necessário um estudo geográfico e financeiro para que elas se potencializem e ajudem no crescimento da empresa.

O geomarketing é, em outras palavras, a solução para esse estudo geográfico, que tem como objetivo pesquisar e avaliar determinado espaço e seus integrantes para facilitar a tomada de decisão.

O marketing geográfico vem sendo amplamente aceito, já que o mapeamento de áreas, a coleta de dados e a pesquisa de clientes e produtos são informações cruciais que fornecem ao empreendedor uma base sólida que destaca fatores extremamente relevantes para a elaboração e implementação das estratégias mercadológicas do seu negócio

Quer saber mais sobre o assunto e entender a sua utilidade nas estratégias de marketing da sua empresa? Então acompanhe a leitura!

2. Afinal, o que é geomarketing?

Diferentemente do que muitos podem pensar, geomarketing está longe de ser uma ferramenta, um software ou uma campanha publicitária.

A princípio, o geomarketing foi desenvolvido para criar estratégias para as empresas analisando as características do público de uma determinada região e, assim, determinar a localização de uma nova loja física com base nas áreas mais promissoras em vendas.

Atualmente, porém, o geomarketing abrange um conceito mais amplo. Hoje, é chamado de geomarketing todo e qualquer tipo de estratégia que otimize campanhas e o alcance aos consumidores locais utilizando-se apenas de inteligência sobre localização.

Os dados cruciais para o desenvolvimento das estratégias de geomarketing são obtidos por meio do Big Data. De uma forma simples e geral, o Big Data é formado pelo conjunto de informações localizadas nos bancos de dados de diversos servidores e empresas. Esses dados podem ser livremente acessados e estão interligados, ou seja, estão disponíveis na rede mundial de computadores.

Apenas a título de demonstração, um exemplo famoso de Big Data é o YouTube. O site disponibiliza milhares de vídeos hospedados em um banco de dados e que podem ser acessados remotamente por qualquer usuário com acesso à internet.

Com um smartphone que tenha o GPS ativado, as empresas têm uma série de informações valiosas sobre você, tais como a sua localização atual ou os lugares visitados recentemente.

Além disso, mesmo que você não perceba, a todo o momento fornece informações sobre os locais que frequenta. Por exemplo, quando você faz check-in pelo Facebook em um estabelecimento, ou quando publica uma foto no Instagram e marca a localidade onde a foto foi tirada, está compartilhando esses dados tão preciosos.

A maioria dessas informações pode ser usada pelas empresas em suas estratégias de negócio. Afinal, dados valiosos sobre o seu perfil e seus interesses são fornecidos espontaneamente por você.

Dessa forma, o geomarketing se consolida como uma maneira de otimizar suas campanhas, para que todo conteúdo entregue ao consumidor — seja em anúncios, notificações, mensagens ou e-mails — se torne mais preciso e relevante, atingindo o público determinado.

Portanto, o geomarketing pode oferecer a você uma visão diferenciada e precisa para te ajudar a gerenciar o território de uma forma mais eficiente, reduzir os gastos e também acertar em cheio o seu público alvo.

3. Quem utiliza essa estratégia geográfica?

A maior parte das empresas de telecomunicações, como operadoras de celular, utilizam essa estratégia pela facilidade de acesso aos dados de localização.

Entretanto, o uso do geomarketing não é fadado a apenas essas empresas. Os profissionais da área de marketing podem disponibilizar esse serviço para negócios específicos e obter excelentes resultados, desde que tenham acesso aos dados necessários.

A estratégia geográfica pode determinar, com grande taxa de acerto, se um produto será bem recebido naquele determinado local. Além disso, ela auxilia na oferta de produtos e ações promocionais para públicos específicos.

Portanto, é uma ferramenta ideal para aqueles que desejam expandir o seu negócio e obter sucesso na gestão.

4. Quais as vantagens do geomarketing?

A lista de vantagens e benefícios da aplicação do geomarketing é extensa e vai fazer você entender o porquê ele pode ser decisivo no desenvolvimento e crescimento do seu negócio.

Auxiliar na escolha precisa do local do estabelecimento ou ponto de venda

Abrir um negócio nunca é tarefa fácil, principalmente em tempos de crise — a começar pela escolha do local correto para abrigar seu estabelecimento, já que tomar a decisão errada pode significar grandes prejuízos e até mesmo o fechamento do empreendimento.

Nesse determinado contexto, o geomarketing é um grande aliado ao empreendedor. É por meio dele que se obtêm informações cruciais sobre a localização geográfica dos clientes, possíveis clientes e concorrentes, além do perfil de consumo local.

Com essas informações em mãos, o processo de tomada de decisão é facilitado e se torna muito mais preciso, diminuindo consideravelmente as chances de você abrir o negócio em local inapropriado.

Mapear territórios com alta concentração de perfis de interesse

O geomarketing oferece ao proprietário a oportunidade de definir, mapear e encontrar aqueles perfis considerados ideais para o seu negócio. Esse é um passo importante para qualquer empresa, já que facilita a entrega de conteúdos e produtos para um público específico.

Determinar em qual localidade se encontra e se concentra o seu perfil de interesse pode te ajudar a definir o preço do seu produto ou serviço com base em informações de renda da região, por exemplo.

Avaliar tendências a partir da localidade dos clientes

Os dados obtidos pelos clientes cadastrados podem ser utilizados em conjunto com outras informações importantes disponíveis no Big Data. Os dados socioeconômicos dos locais em que eles se encontram são disponibilizados pelo IBGE, por exemplo.

Com isso em mãos e junto com os dados dos clientes, é possível fazer relações do perfil de consumo, poder aquisitivo e acompanhar as tendências sobre o comportamento dos atuais e potenciais clientes.

Melhorar o engajamento dos usuários

Utilizar os dados geográficos para realizar campanhas e atingir as pessoas que estão dentro do perfil de interesse vai aumentar significativamente o engajamento dos usuários com o seu negócio.

É possível fazer essa segmentação principalmente por meio das redes sociais. Os comentários e compartilhamentos, além dos check-ins — ações que são dados de engajamento —, aumentam a visibilidade da marca e criam novas oportunidades de vendas.

Direcionar o foco ao cliente

A estratégia de geomarketing permite um estreitamento das relações entre a empresa e seus clientes.

Melhores relacionamentos trazem dados e informações mais completas sobre seus usuários. Dessa forma, o entendimento sobre as necessidades dos seus clientes se torna mais fácil, assim como a solução de problemas.

Além disso, o processo de atração e fidelização dos clientes junto à empresa se torna mais linear e direto, resultando em impactos significativos nas vendas.

Comparar regiões para aumentar a presença em locais de baixa performance

Com base no perfil de interesse ideal procurado pela empresa, é possível, por meio do geomarketing, fazer estudos para identificar em quais regiões esse determinado perfil se concentra em maior número.

Entretanto, além disso, também é possível analisar o impacto da presença da empresa nas regiões e verificar, com base nessas informações, quais localidades necessitam de atenção especial.

Alavancando a presença em áreas de pior performance, a empresa consegue automaticamente aumentar o número de vendas e o desempenho no mercado.

Otimizar custos imobiliários

Todo e qualquer tipo de empresa precisa de um espaço para realizar suas atividades. Seja em lojas, escritórios ou galpões, tudo isso faz parte do espaço ocupado por uma empresa. E todo espaço tem seu custo, certo? Aluguel, limpeza, manutenção, ou até mesmo tudo isso junto.

Por meio de estudos de geomarketing é possível encontrar soluções de locais mais baratos para determinadas tarefas ou determinados negócios.

5. Qual a importância do marketing geográfico para as empresas que desejam crescer?

O principal pilar para o crescimento de uma empresa no mercado é o aumento do seu faturamento. Logo, é essencial aumentar o número de vendas do produto ou serviço oferecido por ela.

Um caminho para isso, de baixo investimento e alto retorno, é o marketing geográfico. Entender o que é geomarketing, qual é a sua função e o que ele pode oferecer é fundamental para aumentar as vendas do seu negócio.

A estratégia de utilizar dados geográficos dos consumidores fornece um leque enorme de possibilidades de segmentação para o seu público-alvo. Dessa forma, os resultados das campanhas são maximizados, assim como o engajamento dos clientes para com a sua companhia e a visibilidade da sua empresa.

Conhecer os seus clientes é um grande trunfo no mundo empresarial para alavancar as vendas. Independentemente da localização do seu negócio, é preciso saber também a localização dos seus consumidores. Só assim serão criadas estratégias eficientes e relevantes para aumentar as vendas e o faturamento do negócio.

Portanto, o geomarketing é muito importante para aquelas empresas que buscam por crescimento e consolidação no mercado.

6. O que é necessário para começar a usar?

Existem algumas orientações básicas para quem deseja começar a implementar o geomarketing no seu negócio para auxiliar na tomada de decisão. Acompanhe:

1º passo: conhecer os conceitos e teorias

Antes de começar a realmente adotar o geomarketing na sua empresa, você precisa se familiarizar com os conceitos básicos sobre o assunto.

Usar informações geográficas não é tarefa simples — é necessário um prévio estudo e conhecimento sobre o tema para que o planejamento e a implementação das estratégias sejam realizados da maneira correta.

2º passo: conseguir dados corretos e de qualidade

O que torna uma estratégia de marketing geográfico eficiente são os dados utilizados durante o processo.

Caso os dados sejam de má qualidade ou incorretos, o resultado da análise de geomarketing não será útil para a empresa. Portanto, é fundamental sair em busca de dados completos e de qualidade.

Quanto mais boas informações forem obtidas, melhor será o resultado alcançado.

IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), PNAD (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios), Ipea (Instituto de pesquisas aplicadas) e POF (Pesquisa de Orçamento Familiar) são algumas das bases de dados públicas onde constam diversas informações sociodemográficas que podem servir como ponto de partida para a sua estratégia.

Além disso, as empresas que prestam consultoria especializada também são boas fontes de informação, contando com uma base de dados bastante completa e confiável.

Outra alternativa para levantar informações relevantes é a base de dados desenvolvida pela própria empresa, tais como pesquisas de mercado e auditorias.

O Google e todas as suas plataformas, como o Google Maps e o Google Earth, são, junto com as demais, uma fonte de dados que pode conter uma quantidade significativa de informações relevantes para o desenvolvimento da estratégia.

3º Passo: adquirir um software para a gestão dos dados

Conseguir os dados, modelar e verificar a sua qualidade é uma etapa preliminar. As informações obtidas têm que ser integradas e disponibilizadas de forma automática e organizada.

Tal integração é feita por meio dos SIGs — Sistemas de Informação Geográficas. Eles são os responsáveis por entregar ao empreendedor as informações de forma simples e organizada no computador.

No mercado, existem algumas opções de softwares disponíveis para auxiliar o proprietário na implementação do marketing geográfico na sua empresa. São eles: QGIS, ArcGIS, MapInfo, entre outros.

Entretanto, o melhor e mais utilizado software disponível no mercado é o OnMaps, produzido pela startup brasileira Geofusion.

O OnMaps é uma solução de geomarketing que é acessada pela própria internet. Usar o OnMaps proporciona ao usuário conhecer qualquer região do Brasil sem a necessidade de sair do conforto do seu escritório.

Você pode navegar por mapas e relatórios repletos de informações que fornecem detalhes preciso de como é o consumidor e a economia do local do seu interesse, seja ele qual for.

4º Passo: conhecer os métodos de análise

Para quem quer começar a implementar o geomarketing no negócio, conhecer os métodos de análise é crucial. Cada conjunto de dados tem uma aplicação específica e defini-los vai indicar diferentes caminhos a serem seguidos.

Buffers, áreas de serviço, análise multicritério, estimativas de densidade e concentração são apenas alguns dos métodos de análise possíveis. Portanto, procure conhecer todos antes de definir qual estratégia será escolhida.

5º Passo: tomada de decisão

A tomada de decisão, em todos os casos, se resume em apenas duas opções: sim ou não. Apesar da simplicidade da resposta, é sempre difícil responder a essas perguntas quando o assunto diz respeito à sua empresa.

O geomarketing é o caminho mais fácil para definir qual é a melhor resposta e, mais do que isso, qual é a resposta ideal para o seu negócio.

Com todo o estudo feito de forma correta sobre as informações geográficas, as possibilidades de erros são reduzidas e as respostas das perguntas se tornam simples e diretas, sem questionamentos ou dúvidas.

7. Como aplicar o geomarketing na minha empresa?

Com as diferentes possibilidades de geomarketing oferecidas, cada uma com diferentes características, objetivos e benefícios, é normal que existam questionamentos a respeito de qual é a estratégia ideal para o seu negócio.

Existem alguns critérios a serem observados para realizar a escolha da estratégia ideal. Veja:

Solução “caseira” x contratar empresas especializadas

Existem duas maneiras para aplicar o marketing geográfico na sua empresa, independentemente da estratégia escolhida. Você pode optar por fazer tudo por conta própria e montar uma estrutura interna para realizar as análises de mercado, ou então pode contratar uma consultoria especializada em geomarketing.

Caso opte pela primeira opção, será necessária a compra de um software específico, como já descrito no texto, além de adquirir os dados de mercado e contratar uma mão-de-obra capacitada para operar as informações.

A outra forma utilizada para aplicar o geomarketing na empresa é contratar serviços de consultores externos ou de softwares como serviço (SaaS). Isso oferece uma solução pronta de marketing geográfico, com sistemas que unem informações externas junto à base de dados do seu negócio, facilitando as análises das estratégias por parte dos gestores.

Portanto, o que deve ser observado ao aplicar o geomarketing na empresa é a relação custo x benefício das duas opções.

Obviamente, existirão diferenças de preços e serviços oferecidos, e o empreendedor deverá escolher aquela opção que valha mais a pena para o seu negócio.

Escolha uma interface amigável

Observe, também, se a solução de geomarketing escolhida é de fácil navegação e entendimento.

Quanto mais simples for o seu uso, mais fácil e intuitivo será o acesso por toda a sua equipe. Dessa forma, as informações que impactam na tomada de decisão são encontradas por qualquer pessoa sem grandes problemas.

Tenha informações sobre o mercado de atuação

Seja qual for a opção escolhida, é fundamental que ela traga informações relevantes sobre o seu negócio e seu público-alvo.

Ter dados atualizados sobre o setor de atuação também é outro ponto importante. Dessa forma você garante que as informações serão precisas e direcionadas, e não generalizadas e genéricas.

Procure por treinamentos e serviços

Por mais simples e intuitivas que sejam, as soluções de geomarketing sempre serão melhores utilizadas pelas pessoas capacitadas e treinadas para tal.

Caso tenha optado por contratar empresas de software como serviço (SaaS), procure se informar com o fornecedor sobre a existência de cursos e treinamentos especializados para a sua equipe.

É comum que essas empresas ofereçam um time de suporte e treinamento para auxiliar você e a sua equipe sempre que for necessário.

Verifique as projeções e a confiabilidade das informações

A informação sociodemográfica é uma das informações mais utilizadas no geomarketing.

Ainda que os dados dessa informação sejam atualizados com frequência pelos institutos de pesquisa como o IBGE, seria de grande valia que a solução de marketing geográfico oferecesse projeções que acompanhassem as movimentações e o desenvolvimento das regiões.

Dessa forma as informações da sua ferramenta ficariam sempre atualizadas e sua estratégia de geomarketing não seria comprometida por mudanças sociais ou demográficas de determinada região.

Abuse da customização

Busque por uma solução que possibilite a relação de informações da sua empresa com informações do setor de mercado na qual ela se encontra.

A localização dos seus pontos de vendas ou lojas e o faturamento de cada um deles, ao serem relacionados com dados de mercado, podem entregar um melhor entendimento do desempenho das lojas em questão, além de contribuir para uma tomada de decisão mais precisa.

8. Conclusão

Antigamente, as empresas eram preocupadas apenas com a localização do seu negócio ou da sua loja. Nos dias de hoje, como visto neste artigo, o foco é outro. Mesmo que você esteja bem localizado, a localização do consumidor é o que realmente importa. Só assim é possível criar estratégias de mercado eficientes. E é isso que propõe o geomarketing.

Ele está relacionado, basicamente, ao desenvolvimento das ciências econômicas e geográficas, auxiliado por um sistema de informação. Hoje, por meio desses sistemas, é possível levantar um leque enorme de informações relevantes sobre o local onde se pretende investir.

Sua aplicação permite identificar com precisão o perfil do público-alvo, posicionamento da concorrência, comportamento de compra e cobertura de vendas em diversas esferas de localidade, proporcionando assim um suporte a decisões, tornando-as mais assertivas e com menos riscos, além de otimizar os investimentos, reduzir os gastos e melhorar os resultados comerciais.

O geomarketing, utilizado pelas empresas em busca de inteligência de mercado, vem se tornando um mecanismo imprescindível para o desenho do plano de negócios, já que os dados obtidos permitem ao empreendedor ter mais conhecimento sobre o mercado em que está inserido.

Portanto, se você busca por alternativas eficientes para expandir o seu negócio e ter sucesso na gestão, saber gerenciar o território e os clientes deveria estar no topo da sua lista.

Agora que você já aprendeu tudo sobre geomarketing, leia o nosso artigo sobre geomarketing para franquias!

Goakira Consultoria
Goakira Consultoria
A GOAKIRA é uma consultoria comprometida com os resultados de seus clientes. Cujas áreas de expertise são o franchising, aumento de produtividade e pesquisa de mercado.

Comments are closed.

//]]>