Valuation

VALUATION

QUER SABER QUANTO VALE SUA EMPRESA?

Seguir os métodos de valuation é fundamental para saber o quanto a empresa vale. Afinal, esses dados são importantes na hora de fazer investimentos e avaliar se as medidas tomadas estão surtindo o feito esperado. Entretanto, por falta de conhecimento, muitas vezes os valores são super ou subestimados, diminuindo as possibilidades de negócio e o entendimento da situação empresarial vivida.

Para ajudar nisso, você verá, neste post, as principais informações sobre valuation e qual é a importância da avaliação financeira, além de entender o quanto a empresa vale e conhecer as principais dicas para esse processo.

Quer entender e avaliar sua empresa corretamente? Veja agora o que fazer e deixe seu negócio mais maduro. Boa leitura!

QUAL A IMPORTÂNCIA DA AVALIAÇÃO FINANCEIRA?

O valuation é importante para descobrir qual é o valor real do seu negócio. Além disso, é fundamental para qualquer processo de venda ou compra de participação.

Ele também é fundamental para dar o próximo passo no crescimento e atrair investidores. Ao saber o valor da sua empresa, você conseguirá negociar a participação societária do investidor utilizando parâmetros e argumentos de forma justa.

Além disso, o valuation é importante em diversas ocasiões, como:

  • Escolha de investimentos
  • Tomada de decisões pelos gestores da empresa
  • Distribuição de dividendos

Além disso, é possível que as empresas avaliem qual o valor que as decisões que estão sendo tomadas têm para o negócio. Elas também são úteis na determinação do desempenho relativo da empresa, o que é útil na criação de políticas de dividendos adequadas.

Fazer a avaliação de um negócio é uma tarefa complexa que deve considerar vários atributos, como:

  • Data de avaliação
  • Propósito
  • Metodologias que serão empregadas
  • Circunstâncias econômicas, como crises
  • Perspectivas industriais
  • Considerações de propriedade
  • Capital do negócio
  • Experiência

COMO SABER QUANTO VALE A SUA EMPRESA?

Valuation é uma metodologia de avaliação financeira de empresas, que consiste em estimar quanto ela vale de acordo com a percepção de mercado e a previsão do retorno sobre seu investimento.

Nós apresentamos uma análise conclusiva sobre o Valuation da empresa Equipe Soluções Inteligentes, contemplando:

  • Análise do DRE ( Demonstração Resultado do Exercício) e Balanço dos últimos 36 meses da empresa;
  • Consolidação das projeções financeiras e avaliação do potencial de geração de caixa da empresa;
  • Projeções financeiras do fluxo de caixa livre do modelo de negócios atual e novos negócios (próximos 60 meses);
  • Avaliações que determinaram a taxa de desconto do fluxo de caixa;
  • Conclusão final

QUAIS OS MÉTODOS PARA CALCULAR O VALUATION?

Os métodos mais utilizados para calcular o valuation são: análise de múltiplos de mercado, fluxo de caixa descontado e valor de patrimônio líquido. Veja como cada um deles funciona!

Análise de múltiplos de mercado

A análise de múltiplos de mercado mede a relação entre o preço atual que as ações possuem e o lucro por ação que foi acumulado em quatro trimestres. Caso o resultado seja alto, pode-se dizer que o ativo é caro. Por outro lado, se o múltiplo for baixo, o ativo é barato.

Para que o resultado tenha sentido, é importante que o investidor acompanhe as notícias sobre as empresas para verificar eventos — não recorrentes — que possam gerar impacto no resultado do múltiplo e distorcer o valor. Alguns exemplos são fusões, reversão tributária, apuração de lucro em vendas de imóveis etc.

Depois, o múltiplo deve ser comparado com outras marcas que desempenhem a mesma função no mercado, com o objetivo de entender possíveis discrepâncias. Nesse anúncio, a experiência do avaliador é fundamental.

Fluxo de caixa descontado

Esse método contábil calcula o valor dos fluxos de caixa presentes, que são projetados para o futuro da empresa. Caso o resultado seja maior que o atual preço do ativo, é um indício de que o momento é bom para fazer um investimento. Então, o objetivo do cálculo é conhecer qual será o fluxo de caixa livre nos anos que foram considerados na projeção.

Fatores que influenciam o fluxo de caixa descontado são:

  • Os ativos da empresa
  • Marcas e patentes que possuem
  • Reputação no mercado
  • Desempenho e histórico da gestão

Entretanto, as informações só serão relevantes se existir a possibilidade de que o caixa livre no futuro (recursos para que os investidores sejam remunerados) seja gerado. Como taxa de desconto, os custos do capital e os riscos do negócio são considerados.

Ainda que seja mais preciso do que a análise de múltiplos para fazer o valuation, o fluxo de caixa descontado também pode ter distorções, causadas por taxas elevadas de desconto (devido aos altos juros de mercado, por exemplo). Por isso, todos os fatores devem ser analisados. O método é interessante para empresas que tenham histórico consistente e previsibilidade de receita.

Valor do patrimônio líquido

No caso do patrimônio líquido, soma-se os ativos circulantes e os não circulantes e depois, o valor das obrigações registradas no passivo (circulante e não circulante).

Os ativos circulantes são compostos, por exemplo, por valores a serem recebidos de clientes e despesas antecipadas. Ou seja, são bens e direitos que a empresa pode transformar em dinheiro até o final do próximo exercício. Por outro lado, os ativos não circulantes são máquinas, imóveis, equipamentos e outros bens que a empresa pode realizar até o final do exercício seguinte.

Já o passivo circulante pode contar com contas a pagar, dívidas com fornecedores (matéria-prima, mercadorias ou serviços) e empréstimos que vençam em até 360 dias. Ou seja, contas que tenham vencimento até o final do próximo exercício. O passivo não circulante considera financiamentos e empréstimos com vencimento superiores a 360 dias, além de créditos de sócios, acionistas e diretores.

Esse método não considera as perspectivas para a continuidade do negócio e as flutuações que podem acontecer nas variáveis que são consideradas no patrimônio em médio e longo prazo. Por isso, é importante aplicar várias opções de forma conjunta.

QUAIS SÃO AS PRINCIPAIS DICAS PARA ANALISAR O VALUATION CORRETAMENTE?

Veja, agora, quais são as principais dicas para que você faça uma análise correta do valuation:

  • Faça uma análise de mercado fundamentalista, que analise se os fatores essenciais para que a empresa tenha sucesso estão favoráveis
  • Avalie diferentes cenários
  • Aplique mais de um método ao mesmo tempo (considerando que os métodos podem apresentar distorções)
  • Considere possíveis distorções geradas e que possam modificar os resultados (juros disponíveis no mercado, modificações anormais, empréstimos e vendas realizadas)

QUAL A METODOLOGIA UTILIZADA PELA GOAKIRA?

A metodologia utilizada é o Fluxo de caixa descontado, ou seja, uma projeção financeira com base nos dados atuais. Entretanto, o conceito fundamental que o empreendedor deve saber é que os resultados de um valuation podem ser variáveis e nunca serão 100% precisos, já que não existe uma forma exata e única de cálculo para chegarmos ao resultado.

PARA QUEM SE DESTINA?

Geralmente, em um processo de compra ou venda de uma empresa, ambas as partes, comprador e vendedor, fazem as suas respectivas avaliações para que possam negociar as participações e valores envolvidos na transação.

Depois de entender como funciona o valuation, é a hora de colocar esse conhecimento em prática. Dessa forma, você terá meios tanto para descobrir o valor da sua empresa, quanto para fazer futuros investimentos e negócios com outros empresários. Assim, você estará mais preparado para fazer negócios, recebendo ou pagando justamente o que a empresa vale.

Quer obter e potencializar seus resultados e avaliações? Então, veja como fazer a sua empresa crescer e aprenda a expandir seus negócios. Esperamos por você!

ALGUNS PROJETOS REALIZADOS

VÍDEOS GOAKIRA

SOLICITE UMA PROPOSTA

Insira seus dados e um de nossos especialistas entrará em contato com você em breve.